CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS ATACADO E VAREJO DO BRASIL

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Imprensa destaca caso de estudante que denuncia problemas do colégio no Facebook



“O trabalho jornalístico somente é indesejável aos que têm algo a esclarecer e se recusam a fazê-lo”. Essa foi a mensagem postada por Isadora Faber, de 13 anos, no Facebook. A menina, que é aluna da 7ª série da Escola Básica Municipal Maria Tomázia Coelho, em Florianópolis, Santa Catarina, está causando repercussão com uma fan page chamada “Diário de Classe", que relata a situação da escola pública onde estuda. Destaque na rede social, a jovem concedeu entrevistas para diversos veículos de comunicação.
Com o sonho de ser jornalista, Isadora conversou com o Estadão e contou “o que acontece entre os muros da escola”. Sua mãe, Mel Faber, criticou a postura do colégio, defendeu a filha e lamentou as represálias. “Ela sofreu punição que talvez alguns jornalistas formados não tenham vivido”,contou.
Para o G1, a diretora do colégio afirmou que há muitas ações em que a escola é destaque, inclusive mostradas no Facebook. “Há problemas, mas procuramos sempre resolver. Temos uma equipe que cuida de várias escolas da rede. Temos um espaço democrático, que se efetiva nos conselhos de classe. Seria interessante se as pessoas participassem desses espaços. Aí sim poderíamos resolver os problemas corretamente", disse.
Levando em conta a repercussão do caso, Gazeta do Povo, do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), revista Veja , portal Terra e IG apresentaram reportagens que falam sobre o sucesso da garota na rede, a criação da página, o conteúdo publicado e a posição da secretaria municipal de Educação. A página da jovem aluna reúne, até a publicação desta matéria, mais de 46 mil fãs. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.