CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS ATACADO E VAREJO DO BRASIL

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Midia sociais em alta-'Reclamar no Twitter, por exemplo, é mais eficaz do que no Procon



Inserção de usuários em novas mídias criou um novo meio de comunicação




Gazeta de Piraciba



Os sócios Scarpari Neto e Bedeni antenados no mercado e nas novidades para o marketing nas redes sociais
(Foto: Claudio Coradini/Da Gazeta de Piracicaba)

As mídias sociais são fundamentais nos dias de hoje para as empresas e em todo processo de divulgação de marcas e produtos, fazendo com que o antigo jargão 'propaganda de boca a boca é a melhor negócio' fosse novamente o modo mais eficiente de divulgar qualquer mercadoria ou serviço. Prova disso é a grande inserção de pessoas e empresas nas mídias existentes, como Facebook, Orkut, Twitter, Youtube.


Pesquisas mostram que 87% dos internautas brasileiros utilizam redes sociais, ou seja, são mais de 67,6 milhões de pessoas conectadas quase que diariamente. 'É um novo mercado que se abre para as empresas, é um diferencial estratégico para fazer com que uma pessoa conheça seu produto, compre, use e a divulgue, tanto fazendo comentários na página da empresa ou na própria página pessoal. Isso faz com que mais pessoas leiam e se interessem por tal produto', explicou Lauriano Scarpari Neto, sócio-proprietário da agência Opportunità, que oferece trabalhos em marketing interativo para empresas de Piracicaba e região.

Segundo ele, essa nova fatia de negócios também provou que as mídias sociais oferecem um retorno rápido, seja com serviços oferecidos, negócios ou críticas à empresas ou órgãos governamentais.


'Reclamar no Twitter, por exemplo, é mais eficaz do que no Procon. As redes sociais têm sido cada vez mais utilizadas pelos consumidores que se sentem lesados. E a estratégia fez as empresas se mexerem, tanto que leva entre cinco minutos e duas horas para responderem a alguma reclamação vinda do Twitter. No Procon, a resposta vem em, no mínimo, um mês', comentou Scarpari Neto
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.