CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS ATACADO E VAREJO DO BRASIL

sábado, 24 de dezembro de 2011

Facebook falha como plataforma de comércio, afirmam varejistas

Rede social funciona mais como um canal para publicidade


DO “FINANCIAL TIMES”

Ainda que os americanos tenham batido recorde de compras on-line em 2011, os varejistas estão desapontados com o Facebook. A rede social ainda não é uma plataforma de varejo, dizem. "Não pegaram esse coelho ainda", diz Jonathan Johnson, presidente da empresa de comércio Overstock.com.
Essa é uma moda inflada pelo Vale do Silício, dizem os céticos. Já os defensores apostam que funcionará.
O termo "f-commerce" designa a combinação entre Facebook e comércio. Na prática, são três as possibilidades: 1) O Facebook pode ser um meio publicitário que leva compradores aos sites de varejo; 2) Pode ser usado para coletar informações sobre usuários e recomendar produtos a partir de dados postados nos perfis da rede social; 3) Pode abrigar lojas.
Kevin Ryan, presidente-executivo do Gilt Groupe, empresa de comércio de moda on-line, diz que o Facebook ainda não interfere nas decisões de compras. Por exemplo, na Cyber Monday, a segunda-feira de promoções no sites de e-commerce após o feriado de Ação de Graças, apenas 0,56% dos compradores foram a eles levados por redes sociais, segundo a IBM.
DECOLAR
O foco do Facebook é a publicidade. O site diz que 88% dos 200 maiores grupos de e-commerce estão "integrados". E só neste fim de ano, afirma, receberam 236% mais tráfego vindo do Facebook. A alta ocorre devido à fraca base de comparação, diz Joel Bines, consultor de varejo.
A consultoria Booz & Co. prevê que o "comércio social" nos EUA chegará a US$ 14 bilhões em 2015 (hoje é de US$ 1 bilhão). Mas inclui na conta desde compras influenciadas pelo Facebook até as feitas em sites como o Groupon.
Siva Kumar, presidente do site de comparação de compras TheFind, deu destaque a produtos na web depois de analisar dados do botão curtir. "Em 2012, o 'comércio social' decolará. É como engatinhar, andar e correr. Correr começará no ano que vem."
Tradução de PAULO MIGLIACCI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.