CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS ATACADO E VAREJO DO BRASIL

sábado, 14 de janeiro de 2012

'Smart TVs' oferecem novas janelas para a internet



Adeus, caixinha idiota. Olá, smart TV. A obsessão do mundo pela internet agora será transmitida à maior tela dos lares, com empresas de software, fabricantes de TV e titãs da tecnologia como Google e Microsoft acrescentando ímpeto a essa tendência.

Até mesmo a venereada empresa por trás dos iPads e iPhones deverá ingressar neste ramo em brevem com uma versão melhorada de um sistema chamado Apple TV.
A Feira Internacional de Tecnologia, que termina nesta sexta-feira em Las Vegas, está cheio de pequenas e grandes empresas apostando que as "smart TVs" vão se espalhar rapidamente pelas salas de estar.
"A televisão está se tornando rapidamente a porta de entrada de conteúdo da internet", afirmou o vice-presidente executivo da Sony, Kazuo Hirai, durante uma apresentação durante a feira.
Samsung, Sony e LG estão entre as principais empresas que apresentaram novas "smart TVs" no evento.
A LG, sediada na Coreia do Sul, anunciou que está produzindo sues próprios chips para fortalecer as TVS com recursos on-line juntamente com controles de gesto e de voz.
"Desde o início da revolução da 'smart TV', descobrimos que o conjunto das indústrias de chips nos deixaram para trás não oferecendo alta performance", afirmou o responsável técnico da LG Electronics, Scott Ahn.
"A partir deste ano, vamos aplicar nossos próprios chips da linha L a uma linha de TV premier".
A LG se juntou a um pequeno grupo de fabricantes de televisões sincronizadas à internet com o software Google TV.
A Google TV foi lançado em 2010, mas ainda precisa ganhar força no mercado.
"Acreditamos que temos algumas grandes tecnologias que fariam da Google LG uma escolha popular", explicou Ahn.
"Nossa tecnologia junto com a plataforma Google TV formará as bases de um relacionamento forte de longa duração com o Google".
O pioneiro da internet Yahoo! iniciou a tendência no CES três anos atrás, com "widgets" incorporados a modelos de "Connected TVs" para ligá-las a serviços on-line da mesma forma que os "apps" (aplicativos) vinculam gadgets a jogos, vídeos ou outros conteúdos da internet.
Mais de oito milhões de televisões com widgets Yahoo foram compradas e as vendas se aceleram à medida que a tecnologia melhora e chegam mais aparelhos com conexão wireless à internet, de acordo com o diretor da Connected TV, Russel Schafer.
"A próxima etapa é realmente sobre engajamento, fornecendo conteúdos relevantes", explicou Schafer à AFP.
Frequency e Shodogg estavam entre as startups na CES prontas para divulgarem seus nomes ao ajudar as pessoasa navegar, classificar ou compartilhar as quantidades gigantescas de vídeos disponíveis uma vez que a TV se conecte à internet.
A Frequency, sediada em Los Angeles, divulgou versões de navegadores para iPad e internet de um serviço que permite que as pessoas programem canais baseados em seus interesses.
"Você pode criar um guia de televisão pessoal, basicamente", informou o presidente-executivo da Frequency, Blair Harrison, enquanto demonstrava a tecnologia em um iPad.
"Eu posso juntar Facebook, TMZ, TED... como se eles fossem canais de vídeo, ou criar canais de qualquer assunto específico".
Os aplicativos da Frequency são gratuitos, e o software será incorporado às televisões da Samsung neste ano, de acordo com Harrison

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.